Você precisa de uma estratégia!

Atualizado: Set 27


Tão importante quando conectar-se ao seu propósito de vida, é construir caminhos efetivos para torná-lo consistente.

O psiquiatra Augusto Cury, certa vez, fez a seguinte citação: Sem sonhos, a vida não tem brilho. Sem metas, os sonhos não têm alicerces. Sem prioridades, os sonhos não se tornam reais.

O nosso propósito de vida, é este sonho que “pulsa” dentro de nós, mas, que por vezes, se torna utopia, por não termos as habilidades necessárias para construir alicerces e fundamentá-los. E por vezes, na ânsia por viver de forma mais significativa e alinhada as nossas paixões, “metemos os pés pelas mãos”.

Já vi, por exemplo, pessoas abandonarem carreiras de forma súbita para seguirem o sonho de vida ao qual se conectaram e entendem ser o seu propósito e se frustrarem, quebrarem, e entrarem em um estado mais caótico do que o anterior.

Daí a importância de compreendermos, que autoconhecimento não é apenas um processo de acessar o nosso universo interior, mas, também de ter clareza sobre o funcionamento da trindade que somos – mente, emoções e corpo e da relação desta trindade com o meio, assim como, do nosso momento atual, condições, recursos, ponto de partida, definindo estratégias claras e consistentes para transformar sonho em projeto de vida.



O renomado psicólogo americano, Abram Maslow, em sua teoria sobre a hierarquia das necessidades humanas, defende, que é possível sentir-se plenamente realizado ao atingir o nível máximo de desenvolvimento humano, tornando-se, assim, a melhor versão de si mesmo e explorando todo o seu potencial. No entanto, existe um processo sistêmico para chegar lá.

Maslow mapeou as necessidades humanas e compreendeu que todos temos necessidades similares e que são elas que motivam nossos comportamentos.

Ele descobriu também, que essas oito necessidades humanas seguem uma ordem em nossa vida, ou seja, uma hierarquia, de modo que só estamos aptos para migrar para o próximo nível à medida que suprimos as necessidades do nível anterior e isto, nos dá uma pista, sobre por onde devemos iniciar e quais são os primeiros passos na construção desta jornada de realização pessoal.


Na base da pirâmide das necessidades humanas, estão as Necessidades Básicas, relacionadas a sobrevivência física e psíquica, também chamadas de “necessidade de lidar” pois estão relacionadas à nossa tentativa primária de lidar com a vida, de modo que, sem tê-las suprido, não estaremos prontos para migrar para o próximo nível do desenvolvimento humano.

Torna-se fácil entender, que você dificilmente conseguirá atingir os níveis de realização pessoal, de plenitude, enquanto não tiver estabilidade financeira, saúde, segurança, relacionamentos saudáveis e uma vida comunitária.

Maslow identificou, que quando estes pilares das necessidades básicas não são supridos, o indivíduo experimenta adoecimento físico e psíquico, como estresse, ansiedade e doenças psicossomáticas.

Estes são os pilares essenciais da vida humana, portanto, se você deseja construir uma vida com propósito, o seu primeiro objetivo deve estar relacionado a autopreservação. Perceba, que não existe consistência, em idealizar, uma vida com realização pessoal, se a conta bancária está no vermelho, se os relacionamentos estão desmoronando e a saúde está debilitada. Se é este o caso, comece colocando sua vida em ordem, definindo estratégias para tornar-se prospero, pague as contas, guarde dinheiro, perdoe as pessoas, peça perdão, resgate os seus relacionamentos, busque grupos de apoio e conviva com pessoas com as quais você tem afinidade.


Avançando para mais próximo do topo da pirâmide das necessidades humanas, estão as Necessidades Superiores, relacionadas a busca de conhecimento, desenvolvimento pessoal, significado e beleza da vida.

É nesta etapa da evolução humana, que deixamos de apenas existir e sobreviver, e passamos a atingir novos patamares, a buscar o crescimento pessoal, intelectual e a compreensão do significado da vida e do universo.

Portanto, se você deseja construir esta jornada rumo a uma vida significativa, é importante, que você busque conhecimento, que compreenda como sua mente, suas emoções, seu corpo e todo o universo que te cerca funciona, que se conecte a natureza, a arte e as diferentes formas de expressão. Pois é através desta compreensão que será possível experimentar uma conexão com quem você é de verdade, compreendendo a sua missão pessoal na Unidade da vida e acessando o que existe de belo e precioso na existência.


No topo da pirâmide, estão as Necessidades de Autorrealização, que é justamente a etapa do desenvolvimento humano onde todos desejamos estar, onde estamos conectados ao nosso propósito de vida e usando as nossas forças e virtudes de forma potencializada, é nesta fase que acessamos o nosso potencial de criatividade, espontaneidade e vivemos um estado de plenitude e pertencimento em que estamos conectados aquilo que de fato nos motiva.


Nesta etapa, estamos prontos para suprir a nossa necessidade final e o objetivo de nossa existência, a Necessidade de Transcendência. Este é o que Maslow define como o nível máximo do desenvolvimento humano, o que nomeamos dentro da teoria do coaching de espiritualidade, e que algumas religiões e filosofias orientais nomeiam como iluminação. Neste nível, alcançamos o funcionamento otimizado e passamos a operar em um modelo de vida que realmente nos faz feliz, deixamos, portanto, de precisar de muitas gratificações ou validações para experimentar bem-estar, pois já estamos vivenciando um estado de prazer e satisfação superior, nos conectando ao fluxo da vida.

É nesta fase que experimentamos compaixão, simpatia, empatia e passamos a gastar tempo do nosso dia e esforço de nossa vida para ajudar outras pessoas.

A transcendência é uma consciência universal, uma conexão entre todos os indivíduos e o universo no qual vivem, é por definição, a fase em que nos tornamos capazes de olhar além de nós mesmos e contribuir com o outro, ajudar ao nosso próximo a trilhar com sucesso a jornada de desenvolvimento pessoal pela qual nós já passamos.

É na transcendência que o nosso propósito de vida, se torna efetivo e construímos o nosso legado na Terra.


Perceba, que para atingir este nível de satisfação plena e de contribuição com o todo, precisamos ter passado pelos níveis anteriores e então, caminharemos para explorar as nossas potencialidades máximas.

É quando eu estou neste topo da pirâmide, que tenho autoridade para influenciar outras pessoas e afetar a sociedade de forma efetiva.

Como eu disse anteriormente, o nosso propósito de vida, é este sonho que “pulsa” dentro de nós, mas, que por vezes se torna utopia, por não termos as habilidades necessárias para construir alicerces e fundamentá-los. E por vezes, na ânsia por viver de forma mais significativa e alinhada as nossas paixões, “metemos os pés pelas mãos”.

É preciso compreender, aceitar e respeitar os nossos processos!


É claro, que estes processos não precisam necessariamente acontecer de forma tão linear, em alguns momentos eles serão simultâneos, vez ou outra sofrerão alguma inversão e certamente as pessoas não irão iniciar sua jornada do mesmo ponto de partida.

Ainda assim, a compreensão das nossas motivações e da forma como o processo de desenvolvimento humano funciona, nos ajudará a conquistar sonhos, construindo alicerces e estratégias sólidas rumo a uma vida onde existe significado, realização e propósito. Afinal, ter uma visão clara sobre onde queremos chegar é importante, mas, ter a estratégia certa para fazer isto acontecer é fundamental!


Aplicando este novo conhecimento em sua vida, avalie, em qual nível da pirâmide das necessidades humanas você está. No nível de satisfação das Necessidades Básicas, no nível de satisfação das Necessidades Superiores ou você já está transitando pelas Necessidades de Autorrealização e Transcendência?


Seja em qual nível você estiver, avalie, o que você pode fazer para atingir os próximos patamares e avançar um nível ou potencializar o seu nível atual de desenvolvimento.

Será que você precisa organizar a sua vida financeira? Será que precisa investir em sua saúde? Ou talvez precise otimizar os seus relacionamentos?

Será que chegou a hora de investir em você? Em seu desenvolvimento intelectual, em sua inteligência emocional e presentear-se com momentos de lazer e diversão?

Ou será que você já experimentou tudo isto e agora é hora de empenhar suas forças e virtudes de forma potencializada, afetando positivamente a sociedade em que você está inserido através do seu dom e conectando-se a um senso de propósito e significado?


Gosto muito de uma frase do Hal Erold, em que ele afirma que o maior presente que podemos dar aqueles que amamos é viver o nosso potencial pleno.

Acredite! Quando você está vivendo uma vida abundante, todos os que estão a sua volta são beneficiados, sua família, seus amigos e a sociedade como um todo.

O mundo espera que você manifeste o seu dom, então, defina estratégias e persista até torná-los reais!


Em amor,

22 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo